Embraer e WEG estão juntas para tentar desenvolver avião elétrico

A Embraer e a WEG publicaram hoje um trato de colaboração científica e tecnológica para a evolução conjunto de novas tecnologias e soluções para possibilizar propulsão elétrica em aeronaves. A parceria, no âmbito de investigação e evolução pré-competitivo, procura acelerar o pensamento das tecnologias essenciais ao aumento da eficiência energética das aeronaves a partir do aproveitamento e integração de motores elétricos em inovadores sistemas propulsivos.

Embraer e WEG fazem cooperação para aumentar avião elétrico


O processo de eletrificação faz parte de um agrupamento de esforços efetuados pela indústria aeronáutica e que visam atender seus compromissos de sustentação ambiental, a exemplo do que já vem sendo feito com biocombustíveis para encolhimento de emissões de carbono.

Leia Também

Baixar Fortnite para celular atualizado 

Baixar Garena Free Fire atualizado

As evoluções das buscas científicas podem tornar energia limpa e renovável um respeitável viabilizador de uma nova era da mobilidade aérea urbana e regional.

“Ao comemorar esse acordo de evolução tecnológica com a WEG, juntamoss mais de 100 anos de inovação de duas empresas de menções em geração de pensamento, fortificação da cadeia produtiva e concorrência brasileira no mercado global”, disse Daniel Moczydlower, Vice-Presidente Executivo de Engenharia e Tecnologia da Embraer. “Os adiantamentos das pesquisas podem transformar energia limpa e renovável um importante viabilizador de uma nova era da mobilidade aérea urbana e regional que seja mais acessível à população”.

A ajuda entre as equipes de busca vão auxiliar na criação de novas tecnologias que podem criar possibilidades para evoluções futuras de novas configurações aeronáuticas e possibilidade de evolução de novos segmentos de mercado. Decisões como esta, determinadas com políticas de impulso de longo prazo, também potencializam a vocação do Brasil de virar um líder mundial em tecnologias sustentáveis.

Da teoria para a prática

Depois do período de teste das tecnologias em laboratório, uma plataforma aeronáutica será usada para integração e testes de sistemas complexos em condições de operação real. Para os ensaios serão usados em uma aeronave de pequeno porte monomotor, baseada no EMB-203 Ipanema, que efetuara a avaliação primária da tecnologia de eletrificação. O primeiro voo da instigação movido a energia elétrica está previsto para 2020.

A proposição de evolução científico de eletrificação aeronáutica, usando uma plataforma demonstradora de tecnologia, estabelece um instrumento de pesquisa pré-competitiva eficaz e suficiente para aprendizado, capacitação e maturação das tecnologias antes da aplicação em produtos futuros


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *